Deputado apresenta projeto que proíbe impermeabilização com inflamáveis em residências

Fernando Garcel e Fábio Buchmann - CBN Curitiba


O deputado Subtenente Everton (PSL) apresentou um projeto de lei que pretende proibir a impermeabilização de bens móveis com uso de solventes inflamáveis em locais residenciais na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), na segunda-feira (1º).

Câmera registra momentos antes e depois da explosão de apartamento em Curitiba
“Cena de guerra”, diz delegado após visitar apartamento que sofreu explosão em Curitiba
> Prédio onde ocorreu explosão permanece interditado até apresentação de laudo pelo condomínio

De acordo com o projeto, o responsável que descumprir poderá ser multado em até R$ 10 mil. O deputado disse que a ideia é justamente pautar este tipo de discussão, para evitar outros acidentes como o que ocorreu no bairro Água Verde neste final de semana.

“A gente ficou muito preocupado porque existem vários solventes que podem ser utilizados para fazer esse trabalho. O Corpo de Bombeiros ainda não chegou em uma constatação, mas pelo tamanho da explosão deveria ter algum gás que exalou nesse trabalho de impermeabilização”, diz o deputado.

Segundo o Subtenente Everton, o objetivo do projeto é pautar quais os limites seguros e entender o que houve de excesso. “Queremos que vá para discussão na CCJ com especialistas e Corpo do Bombeiros que nos explique e coloque parâmetros para que outros acidentes não aconteçam”, diz o parlamentar.

Outro deputado, Paulo Litro (PSDB) também protocolou um projeto que trata do assunto nesta semana. O presidente da Casa, Ademar Traiano (PSDB) disse que vai trabalhar para que os projetos tramitem sem obstáculos.

Um projeto de lei que também trata do tema foi apresentado na Câmara Municipal de Curitiba e deve começar a tramitar pelas comissões da Casa nos próximos dias.

Previous ArticleNext Article