Política
Compartilhar

Deputado Delegado Jacovós diz que leva arma em reuniões na Assembleia

Em nota, o parlamentar diz que a afirmação foi feita em momento de "descontração" durante a convenção do PL (Partido Liberal).

Redação - 04 de agosto de 2022, 19:46

(Foto: Orlando Kissner/Alep)
(Foto: Orlando Kissner/Alep)

O deputado estadual Delegado Jacovós disse que leva uma arma com calibre .40 para votações na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), da qual é membro, da Assembleia Legislativa do Paraná. 

“O Ricardo Arruda [também deputado estadual], estou fazendo aqui justiça, ele tinha uma tabelinha comigo. Todos os projetos e pautas conservadores que ele apresentava, quem que era o relator? Delegado Jacovós. E eu conseguia passar tudo na Comissão de Justiça, que lá eu levo uma .40, o pessoal fica com medo e aprova tudo”, disse ele.

A afirmação foi feita durante o discurso na convenção do PL (Partido Liberal), evento em que oficializou a candidatura em busca da reeleição no Paraná. Vale lembrar que Jacovós foi eleito em 2018 com 61.310 votos.

Conforme o regimento da Assembleia Legislativa do Paraná, é proibida a entrada de armas em votações no plenário ou em reuniões das comissões. Contudo, é permitida a entrada aos deputados com porte de armas nas dependências.

DELEGADO JACOVÓS NEGA QUE ESTEVE ARMADO EM VOTAÇÕES

Em nota divulgada nesta quinta-feira, o deputado Delegado Jacovós negou que entre com arma nas reuniões da CCJ

"Tratou-se, apenas, de um momento de descontração em razão da dificuldade na aprovação de pautas conservadoras, tanto no Estado como na Federação. Ressalto que em 32 anos na Polícia Civil do Paraná, somente necessitei fazer uso de armas contra marginais, em defesa da sociedade paranaense", diz.