Política
Compartilhar

Doze estados já têm novo governador, em outros 15 haverá segundo turno

Além de Ratinho Junior (PSD), eleito no Paraná, outros 11 estados definiram seu novo governador já neste domingo, no pri..

Roger Pereira - 07 de outubro de 2018, 23:46

SÃO PAULO,SP,07.10.2018:DORIA-COLETIVA-SEGUNDO-TURNO - O candidato ao governo paulista, João Doria fala com a imprensa após a confirmação de ida para o segundo turno da eleição do governo paulista em São Paulo (SP), neste domingo (07). (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Folhapress)
SÃO PAULO,SP,07.10.2018:DORIA-COLETIVA-SEGUNDO-TURNO - O candidato ao governo paulista, João Doria fala com a imprensa após a confirmação de ida para o segundo turno da eleição do governo paulista em São Paulo (SP), neste domingo (07). (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Folhapress)

Além de Ratinho Junior (PSD), eleito no Paraná, outros 11 estados definiram seu novo governador já neste domingo, no primeiro turno. Em outros 15 estados a eleição será decidida em segundo turno. A disputa mais acirrada foi em São Paulo, onde o atual governador Márcio França (PSB) garantiu o segundo lugar com apenas 0,29 ponto percentual de vantagem para Paulo Skaf (MDB), contrariando o prognóstico das pesquisas. Ele disputará o segundo turno com o ex-prefeito da capital João Dória (PSDB).

Entre os governadores eleitos, quem teve mais tranquilidade foi o atual governador do Ceará, Camilo Santana (PT). Ele obteve nada menos que 79,95% dos votos válidos para confirmar sua reeleição. Outro campeão de votos foram Renan Filho (MDB) eleito com 77,31% dos votos em Alagoas, e Rui Costa (PT), que obteve 75,45% dos votos na Bahia. Já Paulo Câmara (PSB), em Pernambuco, venceu no primeiro turno pela menor margem, com 50,70% dos votos.

Também já definiram seus governadores neste domingo os eleitores do Acre, com Gladson Cameli (PP) fazendo 53,65% dos votos; Espírito Santo – Renato Casagrande (PSB), com 55,49%; Goiás, que elegeram Ronaldo Caiado (DEM), com 59,73%; Maranhão, com Flávio Dino (PC do B), que fez 5973%; Mato Grosso – Mauro Mendes (DEM) 58,69%; Piauí, com a eleição de Wellington Dias (PT), com 55,61%; e Tocantins com Mauro Carlesse (PHS), com 57,39%.

Confira os Estados onde haverá 2º turno

Amapá – Waldez (PDT) x Capi 40 (PSB)

Amazonas – Wilson Lima (PSC) x Amazonino Mendes (PDT)

Distrito Federal – Ibaneis (MDB) x Rodrigo Rollemberg (PSB)

Mato Grosso do Sul – Reinaldo Azambuja (PSDB) x Juiz Odilon (PDT)

Minas Gerais – Romeu Zema (Novo) x Antonio Anastasia (PSDB)

Pará – Helder Barbalho (MDB) x Márcio Miranda (DEM)

Paraíba – João (PSB) x Lucélio Cartaxo (PV)

Rio de Janeiro – Wilson Witzel (PSC) x Eduardo Paes (DEM)

Rio Grande do Norte – Fátima Bezerra (PT) x Carlos Eduardo (PDT)

Rio Grande do Sul – Eduardo Leite (PSDB) x José Ivo Sartori (MDB)

Rondônia – Expedito Junior (PSDB) x Coronel Marcos Rocha (PSL)

Roraima – Antonio Denarium (PSL) x Anchieta (PSDB)

Santa Catarina – Gelson Merísio (PSD) x Comandante Moisés (PSL)

São Paulo – João Dória (PSDB) x Márcio França (PSB)

Sergipe – Belivaldo (PSD) x Valadares Filho (PSB)