Eduardo Leite é eleito governador do Rio Grande do Sul

Agência Brasil

'Sou um governador gay, e não um gay governador', afirma Eduardo Leite

O candidato Eduardo Leite (PSDB) venceu a disputa para o governo do Rio Grande do Sul, com 53,62% dos votos válidos. O atual governador José Ivo Sartori (MDB) ficou com 46,38% dos votos.

Os votos brancos somam 4,41% e os nulos, 9,48%. A abstenção está em 18,87%.

O futuro governador gaúcho teve 35,9% dos votos no primeiro turno. Com discurso de renovação na política, foi eleito em 2012 o mais jovem prefeito de Pelotas, onde também exerceu mandato de vereador. Nas eleições municipais de 2016, decidiu não concorrer à reeleição e lançou a candidatura de sua vice.

Ao concluir o mandato de prefeito, foi para o exterior estudar, mas voltou ao país para assumir a presidência estadual do PSDB, quando passou a percorrer o estado e fazer reuniões. Eduardo Leite tem 33 anos e é formado em Direito.

Candidato derrotado

O atual governador do Rio Grande do Sul obteve 31,11% dos votos no primeiro turno. Ivo Sartório iniciou sua carreira política no movimento estudantil e desde 1976 acumula cargos eletivos, sempre pelo MDB (antigo PMDB), ao qual é filiado desde 1974.

Foi vereador e prefeito de Caxias do Sul. Exerceu cinco mandatos consecutivos de deputado estadual e chegou à presidência da Assembleia Legislativa. Foi deputado federal, mas renunciou na metade do mandato para assumir a prefeitura de Caxias do Sul.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="566530" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]