Eleição de Chico Brasileiro em Foz abre vaga para Rubens Recalcatti na Assembleia Legislativa

Roger Pereira


A vitória de Chico Brasileiro (PSD) na eleição suplementar para a prefeitura de Foz do Iguaçu abre vaga para o delegado da Polícia Civil Rubens Recalcatti (PSD) na Assembleia Legislativa do Paraná. Primeiro suplente do PSD na Casa, Recalcatti tomará posse assim que Chico Brasileiro renunciar a seu mandato para assumir a prefeitura da cidade do Oeste do Estado.

Nas eleições de 2016, Recalcati recebeu 40.358 votos, sendo o quarto mais votado do PSD, que conseguiu fazer três cadeiras, apenas 300 votos atrás do terceiro deputado eleito pelo partido, Luiz Carlos Martins. Agora, o delegado terá um ano e oito meses de mandato substituindo Chico Brasileiro, o segundo mais votado da legenda, com 50930 votos.

O futuro deputado foi preso duas vezes nos últimos dois anos acusado de participar da morte do suspeito de assassinar o ex-prefeito de Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, João Dirceu Nazzari. O Ministério Público contesta a versão policial de que o suspeito teria morrido em confronto com a polícia e aponta indícios de execução. Hoje, o delegado responde ao processo em liberdade.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal