Eleições 2018
Compartilhar

Racha adia divisão do tempo de propaganda

Foi adiada a reunião no TRE- -PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), que iria definir o tempo de televisão dos cand..

Metro Jornal Curitiba - 21 de agosto de 2018, 07:08

(Foto: Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem)
(Foto: Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem)

Foi adiada a reunião no TRE- -PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), que iria definir o tempo de televisão dos candidatos ao Governo do Estado. Agora o encontro, que seria ontem, foi marcado para sexta, último dia do prazo legal. Até lá a Justiça Eleitoral espera ter uma decisão definitiva sobre se Ogier Buchi (PSL) terá direito ou não de concorrer ao cargo.

ANÚNCIO

Ele teve seu nome aprovado em convenção do seu partido, em coligação com o PTC e o Patriota, o que garantiria cinco representantes no Congresso Nacional e, com isso, o direito de Ogier de participar de debates eleitorais.

No dia do registro, no entanto, o PSL mudou de ideia e decidiu vetar a candidatura, por orientação do candidato a presidência Jair Bolsonaro. Mesmo sem apoio , Ogier fez o registro individualmente, que agora será confirmado ou negado pelo TRE-PR

Divisão do tempo

ANÚNCIO

Se confirmado, Ogier deve ter apenas 11 segundos de tempo de televisão, além das inserções diárias. A maior parte deve ficar com Cida Borghetti (PP), que deve ter quase 3 minutos, seguida por Ratinho Junior (PSD) com 2’02; João Arruda (MDB) 1’50; e Doutor Rosinha (PT) com 1’11. Geonísio Marinho (PRTB), Jorge Bernardi (Rede), Priscila Ebara (PCO), Piva (Psol) e Ivan Bernardo (PSTU) teriam apenas cerca de 10 segundos cada.