Política
Compartilhar

Eleições 2022: prazo para emitir e regularizar título termina hoje

Os fóruns eleitorais espalhados pelo país têm movimento intenso desde o início da semana, e a expectativa é de filas também nesta quarta-feira.

Redação - Agência Brasil - 04 de maio de 2022, 07:26

Antonio Augusto/Ascom/TSE
Antonio Augusto/Ascom/TSE

Quem quiser votar nas eleições de outubro tem até hoje (4) para emitir ou regularizar o título de eleitor. Esse é o prazo legal para que a Justiça Eleitoral conclua o cadastro de todo o eleitorado apto a votar nas Eleições 2022.

Os fóruns eleitorais espalhados pelo país têm movimento intenso desde o início da semana, e a expectativa é de filas também nesta quarta-feira para quem optar pelo atendimento presencial.

Por meio do site oficial TítuloNet, é possível verificar pendências no título de eleitor, requerer a primeira via do documento, fazer a transferência de município de votação e alterar dados pessoais. 

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), todos os cidadãos que fizerem as solicitações até às 23h59 desta quarta-feira serão atendidos. O tribunal esclarece que é preciso aguardar a análise dos pedidos, que deverão ser respondidos em até 30 dias. O andamento das solicitações também pode ser acompanhado pela internet.

1,1 MILHÃO DE ATENDIMENTOS NAS ÚLTIMAS HORAS

O sistema de regularização e emissão do título de eleitor registrou recorde de acessos nos últimos dias. O Tribunal Superior Eleitoral contabilizou 1,1 milhão de atendimentos entre segunda-feira (2) e a tarde de ontem (3).

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), 8.592 eleitores foram atendidos somente ontem em todo o estado. Destes, 2.004 buscaram atendimento presencial no fórum eleitoral de Curitiba, no bairro Prado Velho.

A partir desta quinta-feira (5), o cadastro eleitoral será fechado e não serão permitidas alterações nos dados dos eleitores. No dia 11 de julho, o TSE vai divulgar o número de eleitores aptos a votar no pleito deste ano. 

O primeiro turno das Eleições 2022 será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno para a disputa presidencial e os governos estaduais será em 30 de outubro.