Política
Compartilhar

Em depoimento, senadores e deputados negam acusações contra Lula

Em depoimento prestado ao juiz federal Sérgio Moro, na manhã desta quarta-feira (20), sobre o caso do Sítio de Atibaia, ..

Andreza Rossini - 20 de junho de 2018, 13:07

Foto: Reprodução/Justiça Federal
Foto: Reprodução/Justiça Federal

Em depoimento prestado ao juiz federal Sérgio Moro, na manhã desta quarta-feira (20), sobre o caso do Sítio de Atibaia, no âmbito da Operação Lava Jato, quatro políticos negaram que o ex-presidente Lula tenha se envolvido em atos de corrupção.

Foram ouvidos o senadores Humberto Sérgio Costa Lima (PT-PB) e Jorge Ney Viana Neves (PT-AC) e os deputados federais Arlindo Chinaglia Junior (PT-SP) e Fernando Henrique Fontana Junior (PT-RS).

"Nunca durante dois anos e meio recebi qualquer orientação que fosse anti-republicana", afirmou Fernando Henrique Fontana. "Nem presenciei isso em qualquer reunião, empresa ou o que quer que seja e a mim, que era subordinado a ele, nunca fez nenhuma proposta", disse Humberto Lima.

Os vídeos na íntegra estão disponíveis no final da reportagem.

Até o final do mês, mais 50 pessoas devem prestar depoimento, entre elas a presidente Dilma Rousseff que tem oitiva agendada para o dia 29 de junho. Após as oitivas de todas as testemunhas, os réus devem começar a ser ouvidos.

Sítio de Atibaia

De acordo com a denúncia do MPF, o ex-presidente Lula seria responsável por comandar “uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar, assentada na distribuição de cargos públicos na Administração Pública Federal” e teria recebido cerca de R$ 870 mil em vantagens indevidas em forma de reformas, construção de anexos e outras benfeitorias no Sítio de Atibaia.

Além de Lula, o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht; o dono da OAS, Léo Pinheiro; o pecuarista José Carlos Bumlai; e mais nove foram denunciados na mesma ação penal. Todos são acusados de lavagem de dinheiro e corrupção ativa ou passiva.

O ex-presidente foi denunciado em maio de 2017 e tornou-se réu em agosto do mesmo ano. Ele foi preso no dia 7 de abril após ser condenado a 12 anos e um mês, no processo referente ao Triplex de Guarujá (SP).

Veja os depoimentos na íntegra:

  • Humberto Sérgio Costa Lima (PT-PB)

https://youtu.be/Gxvw2_llGPA

  • Arlindo Chinaglia Junior (PT-SP)

https://youtu.be/Uvt1renx4aQ

  • Fernando Henrique Fontana Junior (PT-RS)

https://youtu.be/uV_yIUCJLdY

  • Jorge Ney Viana Neves (PT-AC)

https://youtu.be/IH1lizfoseg