Política
Compartilhar

Em meio a tensão, Bolsonaro embarca hoje para a Rússia

 A viagem da comitiva brasileira acontece em um momento de grande tensão entre Rússia e Ucrânia. Energia, defesa e agricultura estão na pauta do encontro.

Marieta Cazarré - Repórter da Agência Brasil - 14 de fevereiro de 2022, 12:13

Foto: Marcos Corrêa/PR
Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro viaja, no fim da tarde desta segunda-feira (14), para a Rússia, após convite do mandatário russo, Vladimir Putin. O embarque da comitiva está previsto para as 18h, partindo da Base Aérea de Brasília. O ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, e o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, participarão da viagem.

 A viagem acontece em um momento de grande tensão entre Rússia e Ucrânia. O presidente brasileiro afirmou  que "pede a Deus que reine a paz no mundo, para o bem de todos nós".

Em Moscou, Bolsonaro se reunirá com Putin na quarta-feira (16). O presidente brasileiro irá participar de encontro com empresários russos. Entre os principais assuntos a serem tratados na viagem está a compra de fertilizantes russos por parte do Brasil.

Na última sexta-feira (11), Bolsonaro declarou que o Brasil "depende, em grande parte, de fertilizantes da Rússia e da Bielorússia". Bolsonaro disse que alguns ministros brasileiros participarão da viagem, para tratar de assuntos como energia, defesa e agricultura.

Também devem ser discutidas as relações político-econômicas e comerciais entre as duas nações, que são integrantes do Brics, grupo de países que reúne China, África do Sul e Índia.

O presidente brasileiro deve permanecer na capital russa até quinta-feira (17), quando embarcará para Budapeste, capital da Hungria, onde se encontrará com o primeiro-ministro do país, Viktor Orbán.