Em vídeo, Lula pede que pessoas voltem às ruas em 2017

Fernando Garcel


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou um vídeo de fim de ano nas redes sociais na noite de quinta-feira (22). No discurso, Lula cita os problemas econômicos do país e agradece as pessoas que foram às ruas para ‘defender a democracia’ e pede que o povo volte a protestar contra cortes feitos pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB).

Durante sua fala, o ex-presidente não faz menção as investigações da Operação Lava Jato e nem as delações da empreiteira Odebrecht.

> Odebrecht recorreu a Lula até 2014, indicam e-mails
> PF afirma que Marcelo Odebrecht usava codinomes para citar Lula

Entre as críticas, Lula fala sobre as políticas públicas tomadas pelo presidente Michel Temer (PMDB). “O governo não pode só falar em corte, corte, corte… E só corta dos mais pobres. Não há nenhuma possibilidade de resolvermos o problema da economia brasileira só falando em corte. E toda vez que se fala em corte, a gente sabe que não vai cortar dos mais ricos”, diz o ex-presidente. Na sequência, Lula se apresenta como uma solução para o problema e diz “você sabe do que eu estou falando porque já fiz isso uma vez”.

> Moro acata denuncia e Lula vira réu em nova ação penal na Lava Jato
> Justiça aceita denúncia e Lula se torna réu na Operação Zelotes

Lula também fala em ‘restabelecer a democracia’ e afirma que isso só poderá ser feito por um “presidente que tenha respaldo popular e respaldo popular chama-se voto na urna”. Ele diz que para isso é necessário antecipar o processo eleitoral. “É preciso que o povo eleja um presidente pelo voto direto. Se você acredita nisso continue indo pra rua”, diz Lula.

Veja o vídeo:

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="405232" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]