Ernesto afirma que não houve política de enfrentamento com a China e nem alinhamento com EUA

Julia Chaib - Folhapress e Renato Machado - Folhapress

Ernesto afirma que não houve política de enfrentamento com a China e nem alinhamento com EUA

Em depoimento à CPI da Covid, o ex-chanceler Ernesto Araújo negou que sua gestão priorizou um alinhamento com os Estados Unidos.

Ernesto afirmou que apenas houve uma reaproximação com os americanos, após um período de distanciamento dos governos anteriores.

O ex-chanceler também afirmou que não houve enfrentamento com a China.

“Jamais promovi nenhum atrito com a china, seja antes ou durante a pandemia”, afirmou, quando questionado se sua gestão supostamente confrontadora com o país asiático prejudicou a aquisição de vacinas.

“Os resultados que obtivemos na aquisição de vacinas eles decorrem de acordo com uma política externa que foi implementada de acordo com nossos objetivos”, completou.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="764827" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]