“Estamos com dificuldade para honrar até a manutenção básica”, diz secretário de Saúde de Curitiba

Roger Pereira


O secretário municipal de saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, foi o entrevistado desta semana do programa Entrevista Coletiva, da Band Curitiba, com participação do Paraná Portal. O secretário explicou, na entrevista, os motivos que levaram o prefeito Rafael Greca (PMN) a declarar prioridade máxima para a saúde, a ponto até de suspender programações culturais da cidade par economizar recursos a serem empregados em sua pasta. Baracho disse que o grande problema da saúde de Curitiba, no momento, é financeiro. “Estamos com dificuldade em honrar até a manutenção dos insumos básicos, porque o fluxo de recursos financeiros foi bastante interrompido nos últimos três meses”, disse.

O secretário também comentou as metas de disponibilização de novos leitos já nos primeiros seis meses da gestão, viabilizando 50 novas vagas em UTIs e 200 em leitos de retaguarda e justificou o fato de os repasses do governo estadual ao município terem ocorrido somente após a troca de prefeito. “Houve uma aposta política da gestão anterior, que se afastou do governo do Estado e foi buscar recursos somente com o governo federal. Houve mudança no governo federal e alguns financiamentos não foram concluídos. Nós vamos buscar parcerias tanto com o Estado quanto com a União” disse.

Baracho reconheceu, ainda, haver um “estrangulamento” na oferta de atendimento em várias especialidades médicas algumas com filas que chegam a três anos, e apontou a realização de mutirões nos contraturnos hospitalares, nos moldes do Corujão da Saúde, implantado pelo prefeito de São Paulo, João Dória, como uma solução viável. “Mas isso demanda recursos, o que não temos no momento. Então, deveremos fazer esses mutirões sim, mas não em janeiro nem em fevereiro”.

O secretário de saúde revelou que a grande preocupação do município, no momento, é com o mosquito aedes aegypt e disse que irá recentralizar o programa Mãe Curitibana e voltar a estabelecer a Praça Ouvidor Pardinho como centro de atenção ao idoso.

Confira a íntegra da entrevista

[insertmedia id=c6P7h56wBjg]

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="408765" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]