Política
Compartilhar

Esvaziado, PSB sobe em cima do muro no Paraná

PSB faz convenção em Curitiba e Luciano Ducci parece ter aval para decidir sobre apoio a governo e senado.

Redação - 25 de julho de 2022, 11:51

Esvaziado, PSB sobe em cima do muro no Paraná

 

Entre as convenções realizadas neste sábado – PP, PT e PSB – a dos socialistas chama a atenção. O que se percebeu foi o deputado federal Luciano Ducci passando a comandar um partido esvaziado com chapas proporcionais sem densidade eleitoral. Com um diferencial: Ducci terá procuração para negociar os apoios às candidaturas ao Governo do Estado e ao Senado.

Mas, o apoio, no entanto, parece cada vez menos cobiçado. Num curto espaço de tempo, o partido perdeu cinco deputados estaduais e um deputado federal. Sem representação na Assembleia Legislativa, restou a Ducci segurar sozinho a bandeira do socialismo, embora escondendo o apoio a Lula e Alckmin, os candidatos do PSB à presidência da República.

Para lembrar, Ducci conseguiu ignorar duas alianças que haviam sido decididas pelo PSB. Com Ratinho Junior no Paraná, decisão tomada pelas bancadas com anuência da direção nacional, e com a candidatura Lula-Alckmin no país.

Na esvaziada convenção realizada no Clube Dom Pedro II, em Curitiba, nem mesmo havia um cartaz do candidato a vice-presidente pelo PSB.