Ex-governador do Paraná, Emílio Hoffmann Gomes morre aos 96 anos

Redação

emílio hoffmann gomes ex-governador paraná

Emílio Hoffmann Gomes, ex-deputado que chegou a ocupar o cargo de governador do Paraná, morreu nesta sexta-feira (20) aos 96 anos de idade. A causa da morte ainda não foi confirmada. O velório será neste sábado, das 9h às 11h, no cemitério Parque Iguaçu, local do enterro.

Em 1973, com a morte do governador Pedro Viriato Parigot de Souza, Emílio Hoffmann Gomes foi eleito indiretamente pela Assembleia Legislativa e desempenhou na função até 15 de março de 1975.

Durante o período como governador, Gomes deu prioridade à implantação de cidades industriais, reforçou o apoio governamental à agricultura, desenvolveu inteligente política municipalista, investiu na educação e cultura, enfim, tendo de lutar contra um período curto de governo, mesmo assim deixou sinais indeléveis da sua capacidade de trabalho.

Depois disso, ele foi nomeado auditor do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), onde se aposentou.

QUEM FOI EMÍLIO HOFFMANN GOMES

Nasceu em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, no dia 19 de julho de 1925. Graduou-se em engenharia pela Faculdade de Engenharia do Paraná, então UFPR (Universidade Federal do Paraná), em 1949.

Retrato do ex-governador na década de 70.

Filiou-se ao Partido Democrata Cristão e acabou eleito deputado em 1962 com 9.402 votos. Vivenciou a ditadura militar e foi reeleito duas vezes, assumindo o governo do Estado após a morte prematura do governador eleito Pedro Viriato Parigot de Souza.

Conforme o livro História biográfica da república no Paraná, Emílio Gomes “realizou um governo profícuo e sem turbulências. Atingiu muitas das suas metas, anunciadas ao empossar-se, entre as quais as de incorporar o Paraná ao processo do desenvolvimento nacional; aprofundar o entrosamento entre o governo e a iniciativa privada, com o propósito determinado de otimizar a eficiência da economia como sistema; fortalecer a base econômica do Estado e a expansão de seus centros de crescimento, aproveitando as oportunidades de suas potencialidades naturais e locais e, finalmente, conjugar esforços para atender aos crescentes reclamos sócio-culturais do Estado”.

HOMENAGENS

No Facebook, o senador Álvaro Dias prestou homenagem ao ex-governador. “Os meus sinceros sentimentos pelo falecimento do ex governador do Paraná Emílio Hoffmann Gomes. Nossa solidariedade neste momento de saudade a família e amigos”, publicou o senador.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="784612" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]