Ex-prefeita de Virmond e mais quatro réus são condenados por fraude em licitação

Francielly Azevedo


A ex-prefeita de Virmond, no centro-sul do Paraná, Lenita Orzechovski Mierzva, e mais quatro réus foram condenados por improbidade administrativa em um processo que investiga fraude a licitação para aquisição de uma retroescavadeira. A ação civil pública foi ajuizada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Lenita foi prefeita de Virmond nas gestões 2009-2012 e 2013-2016. De acordo com o MP-PR, o procedimento licitatório de compra foi direcionado para favorecimento de uma empresa, que, além disso, vendeu a máquina com preço superfaturado.

Os promotores apontam que também faltou coleta prévia de orçamentos e houve ilegalidade na publicação do edital de licitação, que não respeitou os prazos legais, dificultando a competitividade do processo licitatório.

Pelas irregularidades, a ex-prefeita e os outros réus (a empresa e três membros da equipe de apoio ao pregão presencial que resultou na compra da retroescavadeira) foram condenados à suspensão dos direitos políticos (por sete anos para a ex-prefeita e cinco para os demais réus), perda de cargo público que eventualmente ocupem, proibição de contratar com o poder público por cinco anos e pagamento (solidariamente) de multa civil de R$ 31.920.

Os envolvidos podem recorrer.

A reportagem tenta contato com a ex-prefeita.

**Com informações do MP-PR**

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.