Ex-presidente do PT, Rui Falcão, será ouvido como testemunha defesa de Lula

BandNews FM Curitiba


A programação de audiências relacionadas ao Sítio de Atibaia continua, nesta segunda-feira (18), mais três pessoas serão ouvidas pelo juiz Sérgio Moro como testemunhas de defesa dos réus. Entre eles está Rui Falcão, ex-deputado e ex-presidente do PT, que foi indicado pelo ex-presidente Lula como testemunha de defesa.

Até o final de junho, mais de 50 pessoas devem prestar depoimento. Lula também chamou a ex-presidente Dilma Rousseff, que será ouvida em 29 de junho, por videoconferência. Apenas depois de esgotadas todas as audiências com as testemunhas é que os réus, entre eles Lula, serão interrogados.

Na denúncia, o Ministério Público Federal afirma que os recursos para a reforma no sítio de Atibaia foram contrapartidas de oito contratos da Petrobras. Quatro deles com a Odebrecht, três com a OAS e um com o Grupo Schahin. A defesa de Lula afirma que ele jamais praticou qualquer ato em benefício de empreiteiras durante o período em que ocupou a Presidência da República e tampouco recebeu qualquer vantagem indevida na forma de propriedades ou reformas de imóveis.

Previous ArticleNext Article
em 20 minutos tudo pode mudar
[post_explorer post_id="530703" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]