Fazenda terá resposta sobre reajuste dos servidores na próxima semana, diz Cida Borghetti

Andreza Rossini

A governadora Cida Borghetti afirmou em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (11), que a resposta sobre o reajuste dos servidores estaduais deve sair em uma semana.

“Nós temos que respeitar a lei de responsabilidade fiscal e uma determinação federal que foi acordada com todos os estados [Plano de Auxílio aos Estados]. Eu determinei que a equipe da Secretaria da Fazenda estude. Tem o prazo de uma semana para que nossos técnicos possam nos apresentar um relatório e um posicionamento sobre essa decisão”, afirmou.

Os servidores estão sem receber reajustes em 2017 e 2018. O governador Beto Richa (PSDB) suspendeu a data-base dos funcionários até 2019, antes de deixar o governo para disputar as eleições ao senado.

Um acampamento que reivindica o pagamento da data-base aos servidores foi montado hoje em frente ao Palácio Iguaçu, no Centro Cívico, em Curitiba. A reposição salarial foi prometida por Richa para acabar com a greve dos servidores em abril de 2015, quando ocorreu a ocupação da Assembleia Legislativa e o confronto entre manifestantes e a polícia.


O presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Leão, afirmou que não vê necessidade do prazo apresentado pela governadora para a definição sobre o reajuste. “Hoje pela manhã tivemos uma reunião com cinco secretários de governo e apresentamos todos os estudos que temos que apontam que é possível conceder o reajuste aos funcionários. A governadora tem toda condição de enviar o projeto de lei do reajuste para a Assembleia Legislativa votar”.

Ainda segundo o presidente da App, os servidores vão acompanhar a sessão legislativa a ser realizada nesta tarde e devem continuar no acampamento pelo menos até a próxima quarta-feira (13). “Estamos negociando com os deputados para que não votem os projetos de reajustes de servidores de outros órgãos enquanto o nosso não chegar”, disse. “Estamos há dois anos esperando o reajuste, não há mais prazo”, afirmou.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook