FHC pede que Bolsonaro renuncie para evitar processo de impeachment: “poupe-nos”

Vinicius Cordeiro

fhc impeachment bolsonaro

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi mais um a comentar o pedido de demissão de Sergio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Na visão dele, com as denúncias feitas pelo ex-juiz federal, o presidente Jair Bolsonaro deve renunciar para poupar o país de um processo de impeachment.

“É hora de falar. Pr (sic) está cavando sua fossa. Que renuncie antes de ser renunciado. Poupe-nos de, além do coronavírus, termos um longo processo de impeachment. Que assuma logo o vice para voltarmos ao foco: a saúde e o emprego. Menos instabilidade, mais ação pelo Brasil”, disse FHC.

Bolsonaro foi acusado por Moro de interferir politicamente nas investigações da Polícia Federal. A mudança no comando da PF, inclusive, deu-se por isso – Maurício Valeixo foi exonerado do cargo de diretor-geral na última madrugada. Segundo Moro, sua permanência o obrigaria “persistir com o compromisso sem preservar a autonomia da Polícia Federal”.

MORO RECEBE APOIO 

Diversos políticos e autoridades têm lamentado a saída de Sergio Moro se manifestado contra Jair Bolsonaro. O coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, destacou a gravidade da denúncia contra o presidente.

No Paraná, o governador Ratinho Junior exaltou Moro como um dos “maiores paranaenses da história recente”, enquanto o senador Álvaro Dias e o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, também lamentaram a saída do ministro da Justiça e Segurança Pública.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="695238" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]