Política
Compartilhar

Gilmar Mendes concede habeas corpus a Luiz Abi

O jornalista Claudio Osti, editor do blog Paçoca com Cebola, noticiou neste sábado que o ministro Gilmar Mendes, do Supr..

Redação - 28 de novembro de 2020, 13:11

LONDRINA, PR, 18.03.2015: PRISÃO-PR - O advogado do empresário Luiz Abi Antoun (foto), primo do governador Beto Richa (PSDB), preso sob suspeita de envolvimento com irregularidades em um processo licitatório, ocupou cargos no governo do Estado e trabalhou na liderança do governo na Assembleia Legislativa. O nome do advogado é Marcello Alvarenga Panizzi, que veio ao Gaeco acompanhando Luiz Abi e aparece no Diário Oficial do Estado de 5 de janeiro como diretor da Secretaria de Estado de Trabalho, cargo que ele ocupou no ano passado. (Foto: Roberto Custódio/AGP/Folhapress)LEGENDA DO JORNAL
Luiz Abi Antoun, primo de Beto Richa, quando foi preso por fraude de licitação, emmarço
LONDRINA, PR, 18.03.2015: PRISÃO-PR - O advogado do empresário Luiz Abi Antoun (foto), primo do governador Beto Richa (PSDB), preso sob suspeita de envolvimento com irregularidades em um processo licitatório, ocupou cargos no governo do Estado e trabalhou na liderança do governo na Assembleia Legislativa. O nome do advogado é Marcello Alvarenga Panizzi, que veio ao Gaeco acompanhando Luiz Abi e aparece no Diário Oficial do Estado de 5 de janeiro como diretor da Secretaria de Estado de Trabalho, cargo que ele ocupou no ano passado. (Foto: Roberto Custódio/AGP/Folhapress)LEGENDA DO JORNAL Luiz Abi Antoun, primo de Beto Richa, quando foi preso por fraude de licitação, emmarço

O jornalista Claudio Osti, editor do blog Paçoca com Cebola, noticiou neste sábado que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar ao pedido de habeas corpus ao réu Luiz Abi Antoun. Abi está no Libano e é considerado foragido da Justiça desde setembro de 2018.

 

Na liminar, o ministro Gilmar Mendes determina que o juiz Juliano Nanuncio, de Londrina, envie a informação à Interpol. Com isso, o alerta vermelho em nome de Abi Antoun seria retirado. Luiz Abi Antoun, primo distante do ex-governador Beto Richa (PSDB), é acusado de participação em desvios de dinheiro público durante o governo do tucano.

 

O blog lembra que “com o alerta em vigor, Abi Antoun poderia ser preso pela Interpol em qualquer país conveniado. Mas não no Libano pois o governo libanês não extradita pessoas de seu País e Luiz Abi tem passaporte libanês.”

 

Leia o despacho completo do ministro Gilmar Mendes

decisaoHC193687STF