Governador do Paraná lamenta demissão de Moro: “maior paranaense da história recente”

Vinicius Cordeiro

moro ratinho paraná

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), lamentou a demissão de Sergio Moro. O ministro da Justiça e Segurança Pública anunciou seu pedido de demissão na manhã desta sexta-feira (24).

“Moro é o maior paranaense da história recente, orgulha o nosso Estado e o Brasil. Como juiz e como ministro ajudou a combater a corrupção em nosso país”, publicou Ratinho Junior.

Além disso, o governador do Paraná abriu a possibilidade de um possível cargo na administração estadual: “O Paraná te recebe de braços abertos. Lamento muito a sua saída do Ministério da Justiça e Segurança Pública, mas tenho certeza de que ele vai continuar contribuindo com a nação em outros desafios”, completou.

MORO PEDE DEMISSÃO DO GOVERNO BOLSONARO

Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública, oficializou seu pedido de demissão na manhã desta sexta-feira (24). A Folha de S. Paulo tinha antecipado o fato ontem.

Contudo, além da demissão, Moro fez diversas acusações ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo o ex-juiz federal, o presidente tinha prometido ‘carta branca’ para ele integrar o governo federal.

O estopim para a relação entre Moro e Bolsonaro foi a exoneração de Maurício Valeixo, até então diretor-geral da Polícia Federal, durante essa última madrugada. Valeixo foi indicação de Moro e é homem de confiança desde os tempos que o ministro atuava na Operação Lava Jato, em Curitiba.

“Falei para o presidente que seria uma interferência política. Ele disse que seria mesmo”, disse.

“O presidente queria uma pessoa que ele pudesse ligar, que ele pudesse colher informações de inteligência, e realmente não é o papel da Polícia Federal prestar essas informações”.

Além disso, Moro revelou que Bolsonaro tem preocupações com investigações da Polícia Federal.

“Presidente também me informou que tinha preocupação com inquéritos em curso no Supremo Tribunal Federal e que a troca também seria oportuna da Polícia Federal por esse motivo. Também não é uma razão que justifique a substituição, é até algo que gera uma grande preocupação”, completou.

Previous ArticleNext Article