Governo do Paraná abre 220 vagas na área ambiental

Jorge de Sousa

Governo do Paraná - concurso - vagas - área ambiental

O Governo do Paraná abriu 220 vagas para residência técnica para atuação na área ambiental. As inscrições serão abertas nesta quinta-feira (5) e vão até 25 de setembro. O edital do processo seletivo está disponível no site da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

A taxa de inscrição tem o valor de R$ 120 e a prova pode ser feita nas cidades de Curitiba, Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá e Ponta Grossa. As vagas são para atuação na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e no Instituto Água e Terra.

Para o secretario do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, a contratação de novos funcionários é importante para o cumprimento das atividades do órgão.

“O objetivo da residência é expandir o corpo técnico para auxílio nas atividades da Secretaria, de forma a aumentar as emissões de licenças e outorgas, a fiscalização e receita e dar mais agilidade administrativa e modernização dos órgãos ambientais”, afirmou Nunes.

Áreas de atuação

Os candidatos devem ter concluído sua graduação entre outubro de 2016 a outubro de 2019 nas seguintes áreas: Engenheiro Ambiental, Engenheiro da Pesca, Engenheiro Florestal, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Químico, Engenheiro Cartógrafo, Engenheiro Civil, Analista de Sistemas, Arquiteto, Geógrafo, Médico Veterinário, Biólogo, Geólogo e Advogado.

O candidato poderá escolher o local de atuação no momento da inscrição, tendo a opção dos seguintes municípios: 97 vagas em Curitiba, dez em Campo Mourão, 12 em Cascavel, dez em Cianorte, oito em Cornélio Procópio, 12 em Foz do Iguaçu, dez em Francisco Beltrão, dez em Guarapuava, 12 em Irati, dez em Ivaiporã, 12 Jacarezinho, 11 em Londrina, 11 Maringá, seis em Paranaguá, 11 em Paranavaí, 13 em Pato Branco, nove em Pitanga, 13 em Ponta Grossa, 13 em Toledo, dez em Umuarama e 11 em União da Vitória.

As demais 14 vagas serão destinadas para atuação nas Universidades Estaduais. Além da residência técnica, o programa também oferece um curso de ensino a distância de especialização na UEPG em Engenharia e Gestão Ambiental. A bolsa-auxílio para as vagas é no valor de R$ 1,9 mil com direito a vale-transporte e vale-alimentação.

Previous ArticleNext Article