Governo do Paraná deverá flexibilizar isolamento por coronavírus entre 10 e 12 dias

Pedro Ribeiro

paraná coronavírus isolamento

O Governo do Paraná deverá liberar o comércio e demais atividades econômicas do setor produtivo que cumprindo o período de isolamento pelo coronavírus dentro de 10 a 12 dias, contando a partir desta quarta-feira (1). Os empresários estão preocupados com os negócios, com a manutenção do emprego e pedem apoio das entidades governamentais da área econômica.

A previsão é do vice-governador, empresário Darci Piana, que reuniu o G7 – representantes do setor produtivo do Estado – e entidades da área econômica do governo – Paraná Fomento, BRDE, Paraná Invest e Agricultura –  para discutir uma saída em função da Covid-19, preservando vidas e evitando perdas dos empresários e desemprego.

Piana afirmou que os empresários estão conscientes do grave problema e há um consenso de que a prioridade é a saúde. Eles concordam em manter o isolamento, mas pedem que o governo flexibilize alguns segmentos, liberando o retorno do trabalho aos poucos.

O vice-governador disse aos empresários que, embora a Sesa (Secretaria de Saúde do Estado) esteja bem estruturada, a pandemia é séria e “não podemos nos descuidar, porque, senão, haverão muitas mortes e não é isso o que queremos”, alertou. Por isso, comentou aos empresários vão manter as empresas fechadas até que a situação se amenize.

“O governo não pode se responsabilizar, por exemplo, com os cuidados sanitários dentro de uma loja do comércio. Não há como controlar o fluxo de pessoas e muito menos se estão contaminadas ou não. O problema é se uma pessoa que estaria infectada deixa o hospital, pode entrar em seu lugar entre 10 a 12 infectadas por ele. Isto pode se alastrar e não é o que queremos”, ponderou.

Piana disse que é preciso um entendimento e que o governo do Paraná vem pedindo paciência e tolerância para que aguentem mais 10 a 12 dias. Se neste período os números da doença crescerem, serão tomadas outras medidas mais drásticas. Caso contrário, haverá flexibilização, garantiu.

Segundo Piana, o Governo do Paraná está preocupado com o setor de transportes que leva alimentos do campo para as cidades. Se aumentarem as doenças junto aos caminhoneiros, eles terão que parar e aí será o caos, observou.

O vice-governador, hoje com 78 anos e no isolamento, pede “calma ao povo paranaense e que tem a certeza de sairemos dessa com menos mortes possíveis”.

Além de ter causado três mortes, o coronavírus tem 229 casos confirmados no Paraná, conforme o boletim divulgado pela Sesa.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.