Governo do Paraná paga R$ 17 milhões em precatórios a credores

Redação

precatórios - credores - Governo do Paraná - TJPR

Por meio das rodadas de negociações promovidas pelo TJPR (Tribunal de Justiça do Paraná) no ano passado, o Governo do Paraná pagou 17 milhões em precatórios preferencias a 1023 credores.

“O Paraná cumpre sua missão, resolvendo o problema de gente que estava há mais de 20 anos na espera para receber aquilo que lhe é de direito. Eles tinham o crédito e o Governo não pagava. É um ato simbólico, referência para o Brasil, que atende justamente a população que mais precisa, com prioridade para os mais idosos ou portadores de algum tipo de deficiência”, explicou o governador do Paraná, Ratinho Junior.

Segundo o presidente do TJPR, desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, as negociações permitiram economia de R$ 5 milhões aos cofres estaduais. “É um momento histórico para o Paraná. Esse deságio é que permitiu essa gama de acordos”, pontuou Xisto Pereira.

Outro benefício é que os recursos, antes depositados em Juízo, agora irão poder movimentar a economia paranaense. “O Estado quando deve e precisa pagar. Além de diminuir a fila de credores, esses primeiros acordos vão permitir movimentar bastante a economia”, comentou a procuradora-geral do Estado, Letícia Ferreira.

Ferreira ainda apontou que o Governo do Paraná tem a obrigação legal de zerar o pagamento de precatórios até 2024.

Antes da formalização desses acordos, os precatórios devidos pelo Governo do Paraná chegavam as cifras de R$ 9,3 bilhões, segundo o Plano Anual de Pagamento de Precatórios do Estado.

Previous ArticleNext Article