Política
Compartilhar

Governo zera alíquota do imposto de importação de armas; Bolsonaro comemora

O imposto sobre armas compradas por brasileiros fora do país será zerado a partir de 2021, de acordo com resolução do Co..

Redação - 09 de dezembro de 2020, 10:39

**ARQUIVO** BRASÍLIA, DF, 25.04.2019: O presidente Jair Bolsonaro assina decreto que acaba com o horário de verão no Brasil durante cerimonia no Planalto, em Brasília. (Foto: Mateus Bonomi/Agif/Folhapress)
**ARQUIVO** BRASÍLIA, DF, 25.04.2019: O presidente Jair Bolsonaro assina decreto que acaba com o horário de verão no Brasil durante cerimonia no Planalto, em Brasília. (Foto: Mateus Bonomi/Agif/Folhapress)

O imposto sobre armas compradas por brasileiros fora do país será zerado a partir de 2021, de acordo com resolução do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex), ligado ao Ministério da Economia.

A medida passa a valer a partir do dia 1º de janeiro do ano que vem e foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em suas redes sociais. Bolsonaro comemorou a redução do imposto de 20% a zero a partir do ano que vem.

Ainda em suas redes sociais, Bolsonaro lembrou que o país já havia zerado impostos de importação de 509 produtos para o combate à covid-19 e o câncer, arroz, soja e milho, entre outros.

"O Brasil unido, com a ajuda de todos os responsáveis, podemos ir longe!”, postou o presidente.

Vale lembrar que o acesso e a facilitação da compra de armas de fogo e munições é uma das promessas de campanha de Jair Bolsonaro.