Haddad, Gleisi e advogados se reúnem com Lula pela primeira vez após decisão do TSE

Fernando Garcel

Atualizada às 12h40

O candidato a vice-presidente pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Fernando Haddad, visita o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta segunda-feira (3), na sede da Polícia Federal, em Curitiba, pela primeira vez desde que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) impugnou sua candidatura.

Como advogado, Haddad pode visitar Lula sempre que quiser e tem realizado reuniões com frequência para debater os rumos da campanha. O partido já anunciou que vai recorrer da decisão do TSE, mas o encontro de hoje deve definir o lançamento de Haddad como substituto na cabeça de chapa do PT com Manuela D’Ávilla (PC do B) como vice.

Mesmo após decisão do TSE, PT mantém Lula em propaganda eleitoral

Haddad entrou na sede da PF por volta das 9h30 e passou toda a manhã com o ex-presidente. Inicialmente, estava previsto que o ex-prefeito concedesse entrevista coletiva no final da manhã, o que não ocorreu. Haddad, Gleisi e os advogados Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Zanin saíram para almoçar e retornaram à PF no horário de visita da tarde, às 14h30. Só depois deste segundo encontro é que o, por enquanto, candidato a vice de Lula falará com a imprensa.

Foto: Colaboração / Lenise Aubrift Klenk

Juíza proíbe Gleisi de atuar como advogada de Lula

Decisão barra Lula

No julgamento que ocorreu entre a noite da última sexta-feira e madrugada de sábado, o TSE proibiu a participação de Lula da eleição e de participação em atos de campanha, o que inclui também o horário eleitoral gratuito em rádios e televisão. Os ministros Luís Roberto Barroso, Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira e a presidente da Corte Rosa Weber votaram contra a candidatura. Já o ministro Edson Fachin votou por manter Lula candidato.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="550443" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]