Política
Compartilhar

Ipespe: Lula lidera com 44%; Bolsonaro tem 31%; e Ciro tem 8%

Ao considerar os votos válidos, a pesquisa indica a realização de um segundo turno entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Redação - 06 de maio de 2022, 14:22

(Fotos: Redes Sociais)
(Fotos: Redes Sociais)

A pesquisa Ipespe divulgada nesta sexta-feira (6) mostra Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança da corrida presidencial, com 44%. Ele é seguido do atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), com 31%. Ciro Gomes (PDT) está em terceiro, com 8%.

Ipespe - 06/05/2022 - Presidência da República

  • Lula (PT): 44%
  • Jair Bolsonaro (PL): 31%
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • João Doria (PSDB): 3%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Simone Tebet (MDB): 1%
  • Felipe D'Ávila (Novo): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • José Maria Eymael (DC): 0%
  • Luciano Bivar (União Brasil): 0%

Brancos e nulos somam 8%. Eleitores indecisos estão em 2%. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95,5%.

Entre os líderes da corrida presidencial, Lula oscilou um ponto percentual, dentro da margem de erro, em relação ao último levantamento, divulgado em abril: de 45% para 44%. Bolsonaro manteve o índice de 31%. Ciro Gomes também apresentou estabilidade, de 8%. 

Foram realizadas 1.000 entrevistas com eleitores todas as regiões do Brasil, entre os dias 2 e 4 de maio. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o número BR-03473/2022.

Ao considerar os votos válidos, Lula tem 48,8%. Bolsonaro vem em segundo com 34,4%. Estes números indicam a realização de um segundo turno entre os líderes da disputa.

PESQUISA IPESPE SIMULA UM SEGUNDO TURNO

A pesquisa de primeiro turno Ipespe indica um segundo turno entre Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro. Por isso, foi simulada uma disputa entre os dois líderes na corrida presidencial.

Segundo turno: Lula x Bolsonaro

  • Lula (PT): 54%
  • Bolsonaro (PL): 34%

Brancos, nulos e indecisos somam 12%. Com esses números, Luiz Inácio Lula da Silva seria eleito presidente da República em segundo turno.