Política
Compartilhar

Jair Bolsonaro afirma que segundo teste de coronavírus deu negativo

Cercado de especulações após 15 membros de sua comitiva aos Estados Unidos testarem positivo para o coronavírus, o presi..

Jorge de Sousa - 17 de março de 2020, 22:08

Alan Santos/PR
Alan Santos/PR

Cercado de especulações após 15 membros de sua comitiva aos Estados Unidos testarem positivo para o coronavírus, o presidente da República, Jair Bolsonaro, utilizou suas redes sociais na noite desta terça-feira (17) para comunicar que seu segundo teste realizado não apontou a presença da doença.

Dessa forma, Bolsonaro está liberado para cumprir normalmente sua agenda presidencial. No próximo sábado (21), o presidente irá completar 65 anos de idade.

Na comitiva presidencial que viajou para Miami, Flórida, para encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foram confirmados como coronavírus:

  • Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República ;
  • Nelsinho Trad, senador (PTB-MS);
  • Nestor Forster, embaixador e encarregado de negócios do Brasil nos EUA;
  • Karina Kufa, advogada e tesoureira do Aliança pelo Brasil;
  • Sérgio Lima, publicitário e marqueteiro do Aliança pelo Brasil;
  • Samy Liberman, secretário-adjunto de comunicação da Presidência;
  • Alan Coelho de Séllos, chefe do cerimonial do Itamaraty;
  • Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI);
  • Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia;
  • Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais;
  • Além de quatro integrantes não-identificados da equipe de apoio do voo presidencial aos EUA.

Até o momento, o Ministério da Saúde confirmou 291 casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, embora existam outros 8891 ocorrências sob suspeita.