Biden: democracia dos EUA sofre ataque inédito em invasão de grupo pró-Trump

Redação

joe biden eua trump congresso capitólio

O presidente eleito dos EUA (Estados Unidos), Joe Biden, se manifestou nesta quarta-feira (6) sobre a invasão ao Capitólio, pedindo a imediata desocupação do prédio. Ele citou o caso como uma grave ameaça à democracia e pediu ao presidente Donald Trump que ordenasse a batida em retirada do Congresso.

“Nesse momento nossa democracia está sofrendo um ataque inédito. Um ataque à liberdade, à civilidade e à decência. Um ataque aos representantes do povo, à polícia do Capitólio que jurou protegê-los e aos servidores públicos”, disse Biden, em pronunciamento à nação.

De acordo com a polícia de Washington, capital dos EUA, a invasão ao Capitólio deixou dezenas de feridos. Pela menos uma pessoa foi ferida por arma de fogo, segundo a rede norte-americana CNN. A vítima seria uma mulher baleada no pescoço, socorrida em estado crítico.

“É um ataque à lei como poucas vezes vimos. Um ataque ao Estado de Direito. Eu quero ser muito claro: as cenas que vimos no Capitólio não refletem um verdadeiro norte-americano, não representam quem somos”, disse Joe Biden, que assumirá a presidência dos EUA após certificação do resultado das eleições pelo Capitólio.

“Vou me lembrar de hoje como um dia difícil, doloroso, um dia para lembrar que a democracia é frágil e precisa ser preservada, que exige pessoas de boa vontade e líderes com coragem para falar”, concluiu.

APÓS DISCURSO DE BIDEN, TRUMP PEDE QUE APOIADORES DEIXEM CONGRESSO

Horas depois da invasão ao Capitólio e após o discurso de Biden, Donald Trump pediu para que os apoiadores vão para casa. No entanto, ele reforçou as mentiras que a eleição foi fraudulenta. Os manifestantes ocuparam o prédio do Congresso para impedir que a sessão que oficializaria a eleição de Joe Biden como novo presidente dos Estados Unidos.

“Eu sei da dor, sei dos ferimentos. Tivemos uma eleição que foi roubada de nós. Todo mundo sabe disso, principalmente o outro lado. Mas vocês precisam ir para casa agora. Nós temos que ter paz e ordem. Não queremos ninguém ferido. Foi um período difícil, nunca existiu algo assim. Essa foi uma eleição fraudulenta, mas temos que ter paz. Então vão para casa, nós amamos vocês, vocês são muito especiais. Sei como se sentem, mas vão para casa em paz”, disse Trump em vídeo publicado nas redes sociais.

O número da polícia aumentou conforme o decorrer dos fatos. Uma mulher foi ferida por um tiro durante uma das várias confusões registradas no prédio do Congresso. Os congressistas foram evacuados e buscaram proteção. Agentes do FBI estão no local e há buscas por eventuais bombas.

Previous ArticleNext Article