Jornal espanhol corrige: Lula não disse que Dilma traiu eleitorado

Roger Pereira


Depois de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticar, nas redes sociais, a publicação de uma declaração atribuída a ele pelo jornal espanhol “El Mundo”, de que a ex-presidente Dilma Rousseff teria traído seu eleitorado ao promover um ajuste fiscal após sua reeleição em 2014, o jornal corrigiu sua edição da entrevista, alterando a declaração do presidente, que teria dito, “apenas”, que o eleitorado teria se sentido traído.

Na entrevista publicada no site do “El Mundo” neste domingo (22), Lula dizia que a ex-presidente Dilma Rousseff “traiu seu eleitorado” ao promover o ajuste fiscal porque, nas eleições de 2014, tinha prometido manter as despesas. Segundo o “El Mundo”, Lula dissera: “O segundo erro veio quando a presidente anunciou o ajuste fiscal e traiu o eleitorado que a havia eleito em 2014, ao qual havíamos prometido que manteríamos os gastos”.

Após as críticas do ex-presidente, o jornal alterou sua versão para a seguinte declaração: “O segundo erro veio quando a presidente anunciou o ajuste fiscal, e o eleitorado que a havia eleito em 2014, ao qual havíamos prometido que manteríamos os gastos, se sentiu traído”, admitindo que houve de correção.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal