José Dirceu se entrega à Polícia Federal para cumprir pena de 30 anos

Jordana Martinez


O ex-ministro José Dirceu se entregou à Justiça, no início da tarde desta sexta-feira (18) e passou pelo IML (Instituto Médico Legal) de Brasília.

Segundo o Sistema Penitenciário do Distrito Federal, Dirceu foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e permanece em um dos blocos do Centro de Detenção Provisória. A ala comporta internos como políticos e ex-policiais.

A cela onde José Dirceu permanece, por enquanto, é coletiva, com tamanho aproximado de 30 metros quadrados. O local conta com camas do tipo beliche, chuveiro e vaso sanitário.

Assim como todos os outros detentos do sistema prisional, Jose Dirceu terá direito a quatro refeições diárias – café da manhã, almoço, janta e lanche noturno – e duas horas de banho de sol.

Ainda não se sabe se ele permanecerá no DF ou será transferido para o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na Grande Curitiba, onde estão detidos outros presos da Lava Jato.

Segundo a ordem de prisão, expedida na noite desta quinta-feira (17) pela a juíza federal substituta, Gabriela Hardt, o ex-ministro deve cumprir pena, inicialmente, no Paraná.

“Após a efetivação da prisão, autorizo desde logo a transferência para o sistema prisional em Curitiba, Complexo Médico Penal, ala reservada aos presos da Operação Lavajato, sem prejuízo de eventual recambiamento ao Complexo Penitenciário da Papuda, no futuro, se for o caso”, diz o documento.

A ordem de prisão foi expedida nesta quinta depois que o Tribunal Regional Federal da Quarta Região, em Porto Alegre, negou os embargos de declaração da defesa do ex-ministro.

Com isso, estão esgotadas, na segunda instância, as possibilidades de recurso à decisão que condenou Dirceu a 30 anos e nove meses de prisão, pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e envolvimento em organização criminosa. A pena deve ser cumprida em regime inicialmente fechado. O ex-ministro já ficou preso de forma preventiva por um ano e oito meses.

Desde maio do ano passado, Dirceu está em prisão domiciliar, monitorado por tornozeleira eletrônica, depois que o Supremo Tribunal Federal autorizou que ele aguardasse em liberdade os recursos na segunda instância.

 

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="524087" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]