Secretário tem contas bloqueadas por descumprir ordem para transferência de presos

Andreza Rossini


O secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), Wagner Mesquita, teve R$ 15 mil bloqueados pela Justiça. A determinação de quinta-feira (9) da Vara de Execuções Penais de Maringá, noroeste do Estado, foi devido ao não cumprimento de uma determinação judicial para transferência de presos.

Em outubro, a juíza Jane dos Santos Ramos determinou a transferência de 65 presos da Casa de Custódia de Maringá (CCM)/ Penitenciária Estadual de Maringá (PEM).

Na época, a determinação de transferência ocorreu para possibilitar a redução de presos na 9ª Subdivisão Policial (SDP) do município, que mantém os detentos em um local provisório, com as alas masculina e femininas juntas.

Elas foram preparadas para abrigar 28 presos e, de acordo com a Polícia Civil, 111 ocupavam as alas na última quinta-feira (9).

Por meio de nota, a Sesp afirmou que o secretário ainda não foi informado oficialmente da decisão e que está tomando as medidas cabíveis.

Fuga

No último domingo (5) 20 pessoas fugiram da 9ª Subdivisão Policial de Maringá. Eles teriam feito um agente carcerário refém e fugiram pelo telhado da delegacia. A polícia mobilizou esforços durante a madrugada e recapturou dois detentos. As buscas continuam.

Previous ArticleNext Article