Justiça determina desconto em salário do prefeito de Quarto Centenário

Redação

A Justiça determinou o desconto mensal de R$ 1 mil do salário do prefeito de Quarto Centenário, no centro-oeste do Paraná, Reinaldo Krachinski (PSDB). O valor será descontado todos os meses até que ele quite um débito que tem com os cofres municipais por causa de uma condenação por ato de improbidade administrativa.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) propôs denunciou o prefeito em 2008 por conta de perseguição a uma servidora (atentado contra os princípios da administração pública). Ele foi condenado por improbidade administrativa a pagar multa civil, mas desde então essa dívida se arrasta porque, supostamente, o gestor não tem bens em seu nome para honrar com a obrigação.

Para assegurar o pagamento, MP-PR requereu então a penhora parcial do salário do prefeito até a quitação do débito – hoje fixado em R$ 7.280,23.

Segundo o MP-PR, “o caso do demandado é ainda mais relevante, considerando que contra ele há outra ação de cumprimento de sentença, na qual ele igualmente não possui bens para garantir a recomposição integral do patrimônio público lesado, a par das diversas outras ações de improbidade e/ou ressarcimento em que ele figura como réu”.


Ainda conforme o MP-PR, o não pagamento de dívidas com o erário em virtude da suposta falta de bens também levou ao desconto em folha do salário de um servidor público de Quarto Centenário. Ele deve pagar 30% dos vencimentos até que acerte o que deve com o Município (seriam R$ 46.034,26).

A reportagem tenta contato com a Prefeitura de Quarto Centenário e com a defesa do Prefeito.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook