Empreiteira e ex-executivos são condenados pelo Ministério Público Federal em ação da Lava Jato

BandNews FM Curitiba

MPF firma leniência com empresa que pagou propina dentro da Petrobras

A empreiteira Mendes Júnior e os ex-executivos Alberto Elísio Vilaça Gomes e Sérgio Cunha Mendes foram condenados pela terceira vara criminal de Curitiba por improbidade administrativa no âmbito da Operação Lava-Jato.

A sentença foi divulgada nesta segunda-feira (09) pelo Ministério Público Federal, que investigou fraudes que somam mais de R$ 6 bilhões em contratos e aditivos firmados entre a empreiteira e a Petrobras.

Segundo os procuradores, os pagamentos de propina eram encaminhados ao ex-diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. A sentença determina que os réus façam o ressarcimento integral do equivalente a 1% to total desviado, além de pagamento de multa e indenização que somam 10 milhões de reais.

*matéria escrita pelo jornalista Emanuel Pierin, da Rádio BandNews Curitiba

Previous ArticleNext Article
Avatar
em 20 minutos tudo pode mudar
[post_explorer post_id="727779" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]