Força-tarefa Lava Jato nega alegações de Tacla Duran

Angelo Sfair

Tacla Duran Lava Jato

A força-tarefa Lava Jato no Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR) divulgou uma nota nesta terça-feira (18) contrariando as informações apresentadas pelo ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran. O investigado disse em entrevista ao UOL que pagou US$ 5 milhões a um criminalista para não ser preso quando seu nome entrou no radar das investigações.

Os procuradores da república dizem considerar o conteúdo da reportagem um “ataque à Lava Jato e à Justiça brasileira”. De acordo com a força-tarefa, a “matéria se baseia em reiteradas mentiras do criminoso foragido e multidenunciado”.

A nota do MPF-PR argumenta que o Tacla Duran fez acusações semelhantes em 2017, direto da Espanha, quando foi ouvido por meio de videoconferência durante a CPMI da JBS. Na ocasião, o ex-advogado da Odebrecht afirmou que foi induzido a fazer delação premiada e acusou o MPF e a Polícia Federal de usarem documentos plantados como provas.

Rodrigo Tacla Duran responde no Brasil a quatro ações penais por lavagem de dinheiro. Ele é apontado como operador financeiro por vários delatores da Lava Jato. Os colaboradores imputam a ele a responsabilidade por centenas de milhões de dólares lavados.

Por meio de nota, a força-tarefa Lava Jato afirma que o ex-advogado da Odebrecht também responde por seu crimes na Espanha, embora responda em liberdade.

O MPF ainda comenta sobre a extradição de Rodrigo Tacla Duran. Os procuradores alegam que o processo foi inicialmente deferido pela Espanha, “somente não se concretizando em virtude de o Estado brasileiro não garantir a reciprocidade no tocante a extradição de nacionais”.

A nota conclui afirmando que as acusações são infundadas, “com o objetivo de atacar a operação Lava Jato e a Justiça brasileira para lançar máculas sobre seu julgamento no Brasil e assim alcançar impunidade no exterior”.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="632379" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]