Luciano Hang ironiza Lula e quer volta do petista à cadeia

Jorge de Sousa

Luciano Hang e Carlos Wizard pressionam contra doação de vacina privada ao SUS

A decisão do da 8ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) em manter a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi saudada pelo empresário Luciano Hang.

Conhecido popularmente como “Véio da Havan”, Luciano Hang ironizou a condenação de Lula e pediu a volta do petista para a prisão.

“Como sempre Lula tentando dar uma de espertinho. Tentou usar a situação do ex-Ministro da Justiça, Sérgio Moro, para adiar o julgamento. Mas o tiro saiu pela culatra. O resultado é que foi mantido pelo TRF4 a condenação de mais de 17 anos por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do Sítio de Atibaia (SP). Resta saber quando ele vai voltar para a cadeia, não é mesmo?”, postou Luciano Hang em sua conta no Instagram.

Lula foi condenado a 17 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo caso do Sítio de Atibaia. A acusação da força-tarefa da Lava Jato aponta que o petista recebeu propina de construtoras para reformar e decorar um sítio no interior paulista em troca de benefícios em contratos com a Petrobras.

A defesa de Lula reforçou que o ex-presidente é inocente e reforçou que o ex-juiz federal Sérgio Moro não foi parcial durante o julgamento do petista.

“Reforçamos o caráter injusto e arbitrário da decisão que manteve a condenação do ex-presidente Lula, originariamente imposta por sentença proferida por ‘aproveitamento’ de outra sentença proferida pelo ex-juiz Sergio Moro, que sempre norteou sua atuação em relação a Lula, como sempre demonstramos e como foi reforçado pelo escândalo da Vaza Jato ”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins em nota.

Vale lembrar que Lula se beneficiou de decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que proibiu a prisão em segunda instância em todo Brasil, permitindo que réus condenados possam aguardar em liberdade enquanto todos os recursos sejam julgados.

MORO E DALLAGNOL TAMBÉM COMEMORAM DECISÃO

Os principais membros da história da força-tarefa da Lava Jato também comemoraram a manutenção da condenação a Lula em suas redes sociais.

Sérgio Moro utilizou seu Twitter e foi sucinto em apontar que “há os que acreditam nas fake news das redes sociais, e há os que acreditam na Justiça”, em uma possível menção às acusações proferidas pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ex-ministro.

Já o procurador Deltan Dallagnol citou a manutenção da condenação, mas relembrou que a decisão do STF permite que Lula possa aguardar o restante do julgamento em liberdade.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="697420" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]