Política
Compartilhar

Luiz Abi Antoun, primo de Beto Richa, morre em acidente de carro

Alvo na Operação Lava Jato, Luiz Abi Antoun esteve envolvido em três esquemas de corrupção e chegou a ser condenado a mais de 10 anos de prisão.

Redação - 08 de fevereiro de 2022, 17:07

(Foto: Roberto Custódio/AGP/Folhapress)
(Foto: Roberto Custódio/AGP/Folhapress)

O empresário Luiz Abi Antoun, primo do ex-governador Beto Richa e envolvido em esquemas de corrupção, morreu nesta terça-feira (8) em um acidente de carro.

Segundo informações do site Cabeza News, ele estava em Rondonópolis, no Mato Grosso do Sul.

Abi Antoun estava dirigindo uma caminhonete e capotou. O corpo deve ser enterrado em Londrina, no norte do Paraná, com a presença da família.

 LUIZ ABI ANTOUN: PRISÕES E VIAGEM AO LÍBANO

Empresário e parente do governador Beto Richa, Luiz Abi Antoun foi preso pela primeira vez em março de 2015 após ser condenado a 13 anos de prisão por liderar um esquema de fraudes de licitações no governo do Paraná.

Além disso, ele também foi alvo de mandados  da Operação Lava Jato.

No âmbito da Operação Quadro Negro, o primo de Beto Richa foi acusado de corrupção passiva no processo que investigou o desvio de R$ 20 milhões na construção e reformas de escolas públicas. 

Já na Operação Rádio Patrulha, ele foi apontado como líder em desvios milionários num programa do governo para manutenção de estradas rurais.

Luiz Abi Antoun deixou o Brasil em setembro de 2018, após ter sido solto por uma liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes. Ele estava no Líbano e foi considerado foragido. A Justiça Federal chegou a autorizar um pedido de ajuda para localizá-lo, mas Antoun apontou que estava no país para o tratamento de saúde. 

Após ter habeas corpus concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), em novembro de 2020, Luiz Abi Antoun voltou ao Brasil. Ele era visto em Curitiba desde maio do ano passado.