Lula critica Dilma em entrevista a jornal espanhol

Jordana Martinez


Em entrevista ao jornal espanhol El Mundo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou a ex-presidente Dilma Roussef. Para Lula, a crise e a perda de credibilidade do Brasil iniciaram com as manifestações populares.

“Nós começamos a perder a credibilidade. O ano de 2015 foi semelhante a 1999, quando FHC teve popularidade de 8% e o Brasil quebrou três vezes. Mas o presidente da Câmara era Michel Temer, e ele o ajudou. Nós tivemos o Cunha, que foi responsável por rejeitar todas as reformas propostas por Dilma. Foi ele quem produziu um impeachment ilegítimo”, disse.

Entre os erros de Dilma apontados por Lula estão o exagero nas políticas de desoneração de grandes empresas e o anúncio do ajuste fiscal.

“Nosso maior erro foi exagerar as políticas de exoneração de grandes empresas… O segundo erro ocorreu quando a presidente anunciou o ajuste fiscal e traiu o eleitorado que a elegeu em 2014, o eleitorado que havíamos prometido que manteríamos os gastos. Assim começamos a perder credibilidade”, afirmou.

Durante a entrevista, Lula, que foi condenado em primeira instância na Lava Jato, voltou a criticar o juiz Sérgio Moro, a Polícia Federal e o Ministério Público.

“Se acreditavam que uma condenação iria fazer eu desistir de ser candidato, conseguiram o efeito contrário”, afirmou.

E concluiu: “Espero poder me apresentar, mas ninguém é essencial. Existem milhares de Lulas”.

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.