“Eu precisava provar que Moro é um canalha”, diz Lula aos militantes

Angelo Sfair

lula, moro, canalha, dallagnol, bolsonaro, discurso, são bernardo, sindicato dos metalúrgicos

No primeiro grande discurso aos militantes, neste sábado (9), no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que se entregou à Polícia Federal para poder provar que sua condenação no Caso Triplex do Guarujá era injusta. O petista fez críticas ao ministro da Justiça e Segurança Público Sergio Moro, ao procurador da República Deltan Dallagnol, e ao presidente Jair Bolsonaro.

O político afirmou que tem clareza do que quer e do que representa. Além disso, ponderou que tinha consciência de que seus “algozes” estavam mentindo.

“Eu precisava provar que Moro era um canalha”, disparou, antes de citar outras figuras públicas envolvidas nas investigações relacionadas à Operação Lava Jato.

“Eu precisava provar que o Dallagnol [Deltan Dallagnol, procurador-chefe da força-tarefa Lava Jato] não representa o MPF, que é uma instituição séria”, completou.

“Dallagnol montou uma quadrilha com a força-tarefa Lava Jato para roubar dinheiro da Petrobras e das empreiteiras”, acusou.

ACOMPANHE O DISCURSO DE LULA AO VIVO:

Publicado por Lula em Sábado, 9 de novembro de 2019

Previous ArticleNext Article