Lula dispara contra Bolsonaro e detona Guedes: ‘parece o piloto que lançou bomba atômica’

Vinicius Cordeiro

Lula afirma ter sido mal interpretado por frase: "Queria dizer infelizmente"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou as redes sociais nesta quarta-feira (11) para criticar o governo de Jair Bolsonaro, mirando o ministro Paulo Guedes, da Economia, e confrontando a Rede Globo. Além disso, ele voltou a criticar a Operação Lava Jato e seus procuradores.

Lula menosprezou o presidente Bolsonaro, dizendo que só fala ‘bobagem’ sobre minorias da sociedade. Além disso, culpou a imprensa por ‘naturalizar’ sua imagem.

“Do governo Bolsonaro a gente não pode esperar muita coisa. Porque é isso. Ele se notabilizou por falar asneira contra mulher, contra negro, contra índio. Faltou compromisso da mídia com a sociedade brasileira. Naturalizaram ele”, disparou.

Depois, o petista elevou o tom contra Paulo Guedes. “Não parece ministro da Economia, o que ele parece é o piloto que lançou a bomba atômica de Hiroshima”, completou.

A bomba atômica foi lançada em Hiroshima, no Japão, no dia 6 de agosto de 1945. O episódio, ao fim da Segunda Guerra Mundial, selou a hegemonia dos Estados Unidos na época e matou mais de 140 mil pessoas. Depois, o governo americano, liderado pelo então presidente Harry Truman, lançou uma segunda bomba em Nagasaki, que resultou em mais de 74 mil mortos.

Ontem (10), Lula reagiu à 69ª fase da Lava Jato, que investiga repasses do Grupo Oi/Telemar para empresas do seu filho, Fábio Luis Lula da Silva entre 2005 e 2016. Além de chamar os procuradores da força-tarefa como ‘viciados em holofotes’, ele declarou que a operação é um ‘espetáculo’.

LULA CONFRONTA GLOBO

Além das críticas ao atual governo, Lula também questionou a Rede Globo.

“Por que a Globo não pede uma entrevista comigo ao vivo? Eu estou disposto a debater com quem quer que seja”, disse ele.

Essa não é a primeira vez que o ex-presidente dispara contra o maior grupo de comunicação do país.

Em outubro, quando ainda estava preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, o petista declarou que Deseja fazer um ato na frente da emissora.

“Passar um dia inteiro falando e mostrando as mentiras contadas à meu respeito. A Globo demorou 50 anos para reconhecer que apoiou o golpe militar. Quanto tempo ela vai levar para falar que veiculou coisas que não eram verdades?”, disparou Lula na ocasião, dizendo que toparia ser entrevistado até mesmo com o jornalista mais ‘antilulista’.

Previous ArticleNext Article