Política
Compartilhar

Lula pede para apresentar recurso da sentença do Sítio em segunda instância

A defesa apresentou na última sexta-feira (22) apelação a sentença da juíza Gabriela Hardt, que estabeleceu pena de 12 a..

Cleverson Bravo - BandNews FM Curitiba - 25 de fevereiro de 2019, 10:01

***FOTO DE ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 05.07.2017 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 05.07.2017 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

A defesa apresentou na última sexta-feira (22) apelação a sentença da juíza Gabriela Hardt, que estabeleceu pena de 12 anos e 11 meses de prisão ao ex-presidente Lula, no processo que trata das reformas no Sítio de Atibaia. Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, acusado de ter recebido propina através de benfeitorias na propriedade.

No recurso, a defesa reafirma a posição do próprio ex-presidente, que escreveu, a mão, quando assinou a intimação da sentença, no dia 15 de fevereiro, não reconhecer ‘a legitimidade’ da decisão. A defesa de Lula informou que deseja apresentar as razões do recurso ‘diretamente em segunda instância’. O ex-presidente tinha cinco dias para interpor a apelação.

De acordo com a defesa, Lula foi formalmente intimado da sentença na segunda-feira (18), e o prazo de recurso começou a ser contado no dia útil seguinte. Agora, o ex-presidente aguarda que, após a distribuição do processo no Tribunal Regional Federal da Quarta Região, a defesa técnica de Lula volte a ser intimada a apresentar as razões da apelação. O ex-presidente está preso desde sete de abril do ano passado, por ter tido a condenação no caso do triplex do Guarujá confirmada em segunda instância.

No outro processo, a Lava Jato afirma que a reforma do Sítio de Atibaia teve custo estimado em um milhão de reais. O valor soma gastos custeados pelo empresário José Carlos Bumlai, pela Odebrecht e pela OAS. Quando assinou a intimação da sentença, Lula ainda escreveu, de próprio punho, que é ‘inocente’.