Política
Compartilhar

Lula tem todas as condições de participar do processo eleitoral e ser eleito, diz Dilma em visita

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quinta-feira (31), na s..

Francielly Azevedo - 31 de maio de 2018, 19:24

Foto: William Bittar &#124 CBN Curitiba
Foto: William Bittar &#124 CBN Curitiba

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quinta-feira (31), na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde o petista permanece preso desde o dia 7 de abril. Esta foi a segunda vez que Dilma veio a Curitiba desde que Lula está detido na cidade. No dia 23 de abril, ela não conseguiu entrar, porque teve o acesso à sala em que está o ex-presidente vetado pela juíza Carolina de Moura Lebbos.

Dilma relatou que Lula permanece indignado com a situação de "injustiça" que ele se encontra e voltou a afirmar que o petista é um preso político. "Eu encontrei o presidente Lula nesta situação . Mas ainda não tenho absoluta certeza se a minha contribuição será essa", falou.

Dilma não quis responder mais perguntas sobre a questão do Senado e encerrou a coletiva de imprensa. "O que eu não tenho certeza eu não explorarei. Se eu não tenho uma posição formada, não vou explorar. O dia em que eu tiver certeza, exploro todas as hipóteses. Até lá, estou me guardando para quando o Carnaval chegar", finalizou.

ATOR-AMERICANO, DANNY GLOVER, TAMBÉM VISITOU LULA

Antes de Dilma, o ator norte-americano Danny Glover, conhecido pela atuação em "Máquina Mortífera" esteve por cerca de meia hora com Lula. Embaixador da Boa Vontade da ONU e ativista de esquerda, Glover disse que o petista está "calmo e confiante" e que apoia o "presidente do povo".

O ator chegou a gravar, após a visita, algumas frases fora do prédio da PF para serem usadas em uma possível campanha eleitoral de Lula.