Política
Compartilhar

Bolsonaro recria Ministério das Comunicações e entrega pasta a Fábio Faria

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na noite desta quarta-feira (10) a recriação do Ministério das Comuni..

Redação - 11 de junho de 2020, 07:36

Reprodução/Instagram@FabioFaria55
Reprodução/Instagram@FabioFaria55

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na noite desta quarta-feira (10) a recriação do Ministério das Comunicações. Para o posto de novo ministro, o presidente nomeará o deputado Fábio Faria (PSD-RN).

A Ciência e Tecnologia é comandada pelo astronauta Marcos Pontes e vinha sendo alvo da cobiça de legendas do centrão, que passaram a apoiar o governo Bolsonaro. O PSD é comandado pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilbero Kassab.

"Nesta data, via MP, fica recriado o Ministério das Comunicações a partir do desmembramento do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações", escreveu Bolsonaro no Facebook. "Para a pasta foi nomeado como titular o Deputado Fabio Faria/RN."

A nota do Governo Federal ainda diz que a pasta não vai ter nenhum aumento de despesa, já que vai utilizar "apenas de cargos de estruturas já existentes". O decreto já foi publicado no DOU (Diário Oficial da União).

QUEM É FÁBIO FARIA QUE ASSUME O MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES?

O deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) é casado com Patrícia Abravanel e genro de Silvio Santos, dono da rede de televisão SBT.

Desde o ano passado, o parlamentar ficou próximo de Bolsonaro e tentou criar uma afinidade entre o presidente e Silvio Santos.

Fábio Faria, que assume nos próximos dias o Ministério das Comunicações, é deputado federal desde 2007 e está no PSD desde 2011. Ele ocupava a 3ª Secretaria da Mesa Diretora da Câmara.

O partido do parlamentar é considerado como parte do chamado 'Centrão' do Congresso Nacional.