Monja Coen visita Lula na PF em Curitiba

Andreza Rossini


O ex-presidente Lula deve receber a visita da monja budista brasileira e missionária oficial da tradição Soto Shu conhecida como Monja Coen Roshi, às 16 horas desta segunda-feira (30), na sede da Polícia Federal, em Curitiba.

Após a visita ele deve falar com a imprensa e ir até a vigília Lula Livre.

Lula está preso desde abril na sede da Polícia Federal, em Curitiba.  O diretor da Superintendência da PF é o responsável por autorizar, ou não, as visitas ao ex-presidente.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no âmbito da Operação Lava Jato.

O processo é referente ao caso Triplex do Guarujá (SP).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="540506" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]