Política
Compartilhar

Moro e Mandetta reagem ao pedido de demissão de Teich: cenário difícil

Os ex-ministros Sergio Moro e Luiz Henrique Mandetta comentaram sobre o pedido de demissão de Nelson Teich nesta sexta-f..

Redação - 15 de maio de 2020, 13:44

J√ļlio Nascimento/PR
J√ļlio Nascimento/PR

Os ex-ministros¬†Sergio Moro¬†e Luiz Henrique Mandetta comentaram sobre o pedido de demiss√£o de Nelson Teich¬†nesta sexta-feira (15). O atual ministro da Sa√ļde pediu sua exonera√ß√£o ap√≥s ocupar o cargo deixado por Mandetta¬†h√° menos de um m√™s. O pedido de Teich foi motivado por diverg√™ncias com o presidente Jair Bolsonaro (presidente) durante a pandemia do coronav√≠rus.

"Cen√°rio dif√≠cil, em plena pandemia, 13.993 mortes at√© ontem. N√ļmeros crescentes a cada dia. Cuide-se e cuide dos outros", escreveu Moro em seu Twitter.

https://twitter.com/SF_Moro/status/1261326427233943555

J√° Mandetta disse que √© preciso rezar neste momento de crise. Vale lembrar que, segundo o Minist√©rio de Sa√ļde, o Brasil registra at√© ontem, 202.918 casos e 13.993 mortes¬†por coronav√≠rus.

"Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência. Fé!", completou Mandetta.

Os dois, exonerados, eram vistos por Bolsonaro como ministros que "viraram estrelas", ou seja, foram demitidos por ter destaque em seu governo.

https://twitter.com/lhmandetta/status/1261317351959601155

TEICH PEDE DEMISSÃO DO GOVERNO JAIR BOLSONARO

Nelson Teich e Jair Bolsonaro durante a posse do ministro da Sa√ļde. (Marcos Corr√™a/PR)

O ministro da Sa√ļde, Nelson Teich, pediu demiss√£o do governo federal ap√≥s diverg√™ncias com o presidente Jair Bolsonaro. O principal problema entre os dois foi o uso da cloroquina no combate ao coronav√≠rus.

Na vis√£o de Teich, o medicamento tem diversos efeitos colaterais e estudos provaram sua inefic√°cia. J√° Bolsonaro insiste no rem√©dio e cobrou uma mudan√ßa do Minist√©rio da Sa√ļde e defende que a cloroquina deve ser usada desde o in√≠cio do diagn√≥stico.

Al√©m disso, uma cena constrangedora de Teich foi protagonizada na √ļltima ter√ßa-feira (11). O ministro da Sa√ļde estava dando entrevista coletiva sobre os dados do coronav√≠rus e ficou surpreso ao ser informado pelos jornalistas que Bolsonaro decretou a reabertura de academias e sal√Ķes de beleza.

"Saiu hoje?", perguntou Teich aos jornalistas quando informado, aparentando descontentamento.

Vale lembrar que o ministro da Sa√ļde declarou "alinhamento total" com Bolsonaro durante seu pronunciamento.

Com sua sa√≠da, ele √© o segundo ministro da Sa√ļde que √© demitido durante a crise do coronav√≠rus. Os nomes especulados para assumir a pasta s√£o os m√©dicos Nise Yamaguchi e Osmar Terra, deputado federal. Apesar disso, o partido MDB declarou que n√£o apoiar√° a nomea√ß√£o de Terra.