Política
Compartilhar

Moro diz que não recebe OAB no Ministério da Justiça porque Santa Cruz se comporta como militante

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou nesta quarta-feira (11) que não receberá o presidente da O..

Redação - 11 de dezembro de 2019, 14:02

CURITIBA,PR,01.11.2019:MORO-INAUGURAÇÃO-DELEGACIA-PF-PR - O Ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante inauguração da primeira Delegacia Modelo de Investigação e Análise Financeira da Polícia Federal em Curitiba (PR), nesta sexta-feira (01). Esta delegacia pretende institucionalizar práticas de sucesso investigativo, fortalecendo inquéritos digitais e buscando uma atuação menos burocrática e mais efetiva no combate aos crimes financeiros e de corrupção. . (Foto: Cassiano Rosário/Futura Press/Folhapress)
CURITIBA,PR,01.11.2019:MORO-INAUGURAÇÃO-DELEGACIA-PF-PR - O Ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante inauguração da primeira Delegacia Modelo de Investigação e Análise Financeira da Polícia Federal em Curitiba (PR), nesta sexta-feira (01). Esta delegacia pretende institucionalizar práticas de sucesso investigativo, fortalecendo inquéritos digitais e buscando uma atuação menos burocrática e mais efetiva no combate aos crimes financeiros e de corrupção. . (Foto: Cassiano Rosário/Futura Press/Folhapress)

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou nesta quarta-feira (11) que não receberá o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) enquanto Felipe Santa Cruz não "abandonar a postura de militante político partidário".

Conforme o ex-juiz, Santa Cruz também deveria pedir desculpas a Jair Bolsonaro e a todos os seus eleitores.

"Tenho grande respeito pela OAB, por sua história, e pela advocacia. Reclama o Presidente da OAB que não é recebido no MJSP. Terei prazer em recebê-lo tão logo abandone a postura de militante político-partidário e as ofensas ao PR (presidente da República) e a seus eleitores", escreveu Moro, no Twitter.

Mais cedo, na manhã de hoje (11), Santa Cruz disse que os apoiadores de Bolsonaro têm desvio de caráter. Além disso, afirmou não duvidar da participação da família Bolsonaro no assassinato da então vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ).

Moro saiu em defesa de Bolsonaro, afirmando que o presidente da OAB age como militante político-partidário.

https://twitter.com/SF_Moro/status/1204802326973878272

QUEM APOIA BOLSONARO TEM DESVIO DE CARÁTER, DIZ SANTA CRUZ

"Ele (Jair Bolsonaro) preside para a minoria. Namora os 12% que apoiam a ditadura, de 12 a 20%, namora os 10% que são racistas, homofóbicos e machistas, ele namora os 10%. Ele faz um conjunto de 30% dos piores sentimentos do povo brasileiro. Eu sinceramente acho que quem segue apoiando o governo... Estou convencido, e vou falar uma coisa dura. Quem segue apoiando o governo é porque tem algum desvio de caráter”, disse Santa Cruz, durante um café da manhã com jornalistas, na sede da OAB.

Moro não comentou diretamente as acusações de que Bolsonaro é racista, homofóbico e machista. O presidente da República não se manifestou sobre as declarações, mas replicou a mensagem do Ministro da Justiça e Segurança Pública nas redes sociais.

Resultado de imagem para site:oab.org.br felipe santa cruz Felipe Santa Cruz fez críticas a Jair Bolsonaro e apoiadores. (Divulgação/OAB)