Movimento arrecada R$ 500 mil para manter atos pró-Lula, diz PT

Redação e BandNews FM Curitiba


A vigília em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Curitiba já arrecadou mais de R$ 500 mil. O valor foi divulgado na manhã desta sexta-feira (20) pelo secretário de Finanças do Partido dos Trabalhadores, Emídio de Souza. Segundo ele, 70% desse total, ou R$ 350 mil, já está disponível enquanto os outros 30%, que representam R$ 150 mil, são de boletos que devem ser pagos nos próximos dias.

Os recursos são reunidos via plataforma disponível no site vigilialulalivre.pt.org.br junto a doadores de diferentes regiões do país. O secretário afirma ainda que há também pessoas do exterior interessadas em colaborar com a campanha, mas isso não é permitido pela Legislação brasileira.

“O gasto maior é com ônibus para pessoas que moram longe daqui, banheiros químicos, algo para alimentação e aluguel de barracas. A alimentação está sendo doada do Brasil inteiro e daqui da região de Curitiba também. O recurso tem sido crescente, as pessoas estão contribuindo e se preparando para uma resistência de longo prazo”, garante Souza.

Cobertores, roupas e remédios também têm sido doados aos cerca de 400 militantes que se revezam na permanência no acampamento em Curitiba. Eles estão instalados em um raio de 800 metros da sede da Superintendência da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida, onde Lula está preso desde o dia 7 de abril e sem qualquer previsão de transferência.

Outra parcela dos manifestantes está em uma chácara do Sindicato dos Trabalhadores em Construção Civil no município de Colombo, na Região Metropolitana. Os atos de vigília nas ruas próximas ao prédio da PF estão mantidos.

Previous ArticleNext Article