MP denuncia candidato a vereador e empresário por compra de votos em Prudentópolis

Jorge de Sousa

médicos, cantagalo, homicídio culposo, covid, covid-19, coronavírus, mppr, ministério público, denúncia

O Ministério Público Eleitoral ajuizou ação contra um candidato a vereador e um empresário de Prudentópolis, município do sudoeste paranaense.

A dupla foi denunciada pela Promotoria Eleitoral da 30ª Zona eleitoral por abuso de poder econômico, após estabelecerem um esquema de compra de votos.

O esquema consistia na utilização de vales-combustível do posto de gasolina pertencente ao empresário. As investigações apuraram que ao menos 27 eleitores receberam dez litros de combustível, desde que usassem adesivos de apoio ao candidato.

Uma eleitora ainda teria recebido medicamentos do candidato em troca de promessa de voto.

Na ação, o Ministério Público Eleitoral requer a inelegibilidade de ambos os denunciados por abuso de poder econômico qualificado, aplicação de multa e cassação do diploma do candidato, que acabou eleito no pleito.

LEIA MAIS: Plano Estadual de Vacinação contra covid é discutido no Paraná com foco na logística

Previous ArticleNext Article