“Na luta do bem contra o mal, é o povo que morre”, diz Gleisi

Narley Resende


Na manhã em que a Polícia Federal prendeu seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) publicou em sua conta no Facebook uma frase do escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano: “Na luta do bem contra o mal, é sempre o povo que morre”.

A operação que levou à prisão do ex-ministro não tem nenhum braço no Supremo Tribunal Federal (STF). Isso significa que, por ora ao menos, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), mulher de Bernardo, não é alvo de investigação – muito menos de pedido de prisão, como se especulou a partir da notícia da prisão do marido.

Apesar disso, a Polícia Federal e a Receita Federal cumpriram mandado de busca e apreensão no apartamento da senadora, nesta quinta-feira (23), no bairro Água Verde, em Curitiba, como parte da Operação Custo Brasil, deflagrada hoje. Os agentes foram aplaudidos por vizinhos e moradores que presenciaram a ação.

Gleisi ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

PF leva documentos da casa de Gleisi

Previous ArticleNext Article