Antes de ser preso, Lula participa de missa em São Paulo: assista

Mariana Ohde

Lula teve prisão decretada na quinta-feira (5) e optou por não se apresentar voluntariamente no prazo estipulado por Moro.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa, na manhã deste sábado (7), de uma missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia. A missa começou 10h45, com 1 hora e 15 minutos de atraso.

Durante o discurso, ao final da missa, o ex-presidente confirmou que se entregaria. “Vou atender ao mandado deles. Quero transferir a responsabilidade a eles”. O ex-presidente também convocou os militantes. “Todos vocês vão virar Lula e vão andar por esse país fazendo o que têm que fazer”.

Além do ex-presidente, participam do ato a ex-presidente Dilma Rousseff, a senadora Gleisi Hoffmann, os pré-candidatos Manuela D’Ávila (PC do B) e Guilherme Boulos (PSOL) e os ex-ministros Gilberto Carvalho e Celso Amorim. Carvalho começou a celebração ecumênica lendo um texto que Frei Betto escreveu para Marisa. Além das homenagens, a missa conta com apresentações musicais.

Lula, que teve a prisão decretada na quinta-feira (5) no âmbito da Operação Lava Jato, fez um acordo com a Polícia Federal (PF) para se entregar, na sede em Curitiba, depois de encerrada a missa. Ele deveria ter se apresentado até esta sexta-feira (6), às 17h, mas permaneceu no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), até hoje, cercado pela militância petista.

Acompanhe:

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="515835" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]