Política
Compartilhar

Nem Ratinho, nem Cida, antes do debate, Dr. Rosinha ataca Moro

O candidato ao governo do Paraná pelo Partido dos Trabalhadores, Dr. Rosinha, criticou, nesta terça-feira (2), a atuação..

Francielly Azevedo - 02 de outubro de 2018, 23:41

Foto: Francielly Azevedo
Foto: Francielly Azevedo

O candidato ao governo do Paraná pelo Partido dos Trabalhadores, Dr. Rosinha, criticou, nesta terça-feira (2), a atuação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato em primeira instância. Nesta segunda-feira (1), Moro quebrou o sigilo de parte da delação do ex-ministro Antônio Palocci. No depoimento, Palocci cita vários esquemas que envolvem o PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo Dr. Rosinha, a decisão de Moro mostra que o juiz age "sempre politicamente". O petista também condenou as decisões tomadas nas vésperas do processo eleitoral. "Eles tiveram meses para analisar o processo antes. Por que não fizeram seis meses atrás? Eles deixam para as vésperas das eleições para influenciar o resultado eleitoral. E o Sérgio Moro é mestre nisso, ele já mostrou diversas vezes que é do PSDB e faz campanha contra o PT", disse.

O candidato ao governo do Paraná também destacou que Moro não tem condições para ser juiz. "Ele é o mais explícito de todos até agora, eu sempre condenei a parcialidade dele. Acho que ele não tem condições de ser juiz em lugar nenhum do país", afirmou.

Dr. Rosinha classificou Moro como "estratégico". "Sempre foi estratégico. Sempre toma decisões de quebrar o sigilo como o do Palocci. Por que não quebrou três meses atrás? Outra quebrou um sigilo do Palocci que não tem nada a ver com as ações que estão na mão dele, não é ele que está julgando. Ele está se mostrando um dos juízes mais irresponsáveis que eu conheço aqui no Paraná", ressaltou.